Up Mind | OTIMISMO PARA A SUA VIDA

regis-deiques-up-mind-otimismo

O otimista é aquela pessoa que se revela confiante, esperançosa e positiva.

Um otimista é o individuo que vê as coisas pelo lado bom.

Ele acredita que tudo vai dar certo e que tudo é considerado possível.

Uma posição pessoal otimista muitas vezes é vinculada ao bem estar psicológico e de saúde física e mental.

Pensar positivamente significa aceitar os desafios e obstáculos como um caminho para alcançar os benefícios procurados.

“Ser otimista é ter atitudes seguras em face aos problemas que ocorrem no dia a dia e considerá-los passíveis de uma solução positiva.”

 

Coisas ruins acontecem com todo mundo, não importa se você é otimista ou pessimista.

Independente do que você esta passando neste exato momento na sua vida, ver com otimismo é acreditar que coisas melhores acontecerão. Com otimismo você passa a refazer o seu caminho de uma forma muito mais fácil.

Você não pode deixar que o pessimismo prejudique as suas intenções de um futuro melhor, só porque você não consegue viver sobre pressão.

“Ao contrário viver sobre pressão significa que você não esta vivendo na zona de conforto. Significa que você esta criando expectativas, é ver de outro ângulo, o positivo.”

O pessimista somente vê a tragédia, enquanto que o otimista é perseverante mesmo que seja de pensamento, pois é desta forma que ele muda seu estado de espirito e consequentemente a sua vida.

O quanto mais você seguir em frente e perseguir o que te interessa mais aumentam as suas chances de conseguir atingir o seu objetivo.

Veja bem, caso você queira continuar com este pensamento, olhe o que acontece com que é pessimista:

  • Fica deprimido;
  • Em vez de ser ativo você fica estagnado, parado;
  • O fracasso acontece primeiro na sua mente;
  • Sente que dá tudo errado, e dá;
  • Falta de persistência;
  • Faz problema em qualquer situação;
  • Aumenta o problema;
  • Tudo sempre piora na visão de um pessimista;
  • Fica doente facilmente;
  • Coloca a felicidade por conta de outra pessoa ou objeto, lamenta;
  • Ser pessimista é ruim;
  • Improdutivo e cansativo;
  • Ninguém quer estar por perto.

Poderia enumerar sem parar, mas não é este o proposito. E mesmo que você não os veja, você não quer saber destes sintomas na sua vida, quer?

Quanto a pensar e agir de forma positiva é fácil. Para começar você tem que somente pensar positivo. Não custa nada. Se alguma coisa não esta bom neste momento de sua vida aprenda, seja resiliente, elástico, entenda, compreenda e aceite.

Acredite tudo é possível, senão foi agora será daqui a um pouco, tudo tem o seu tempo.

Se você quiser que algo mude, experimente mudar você primeiro, o seu jeito de ver as coisas também implicam mudança. E assim o seu caminho fica mais fácil.

Se as coisas ficarem difíceis, enfrente, de cabeça erguida, não seja grosso e nem desagradável. Seja educado, consigo mesmo. E será com os demais. E quando tudo der certo e ficar mais fácil, agradeça.

Você diz que é impossível Deus diz que é possível. Se você diz que está cansado, Deus te dará o repouso. Se a tristeza rondar, fique alegre.

Entusiasme-se, não pense em desistir só porque tem um pequeno obstáculo.

Estimule-se, e verá que a sua vida é feita de superações.

“Seja empolgado, animado e enfrente seus problemas. Seja encorajado e verá que todas as suas ações serão bem sucedidas.”

Esta mensagem é para alegrar você e lhe dar forças de quando você pensa que não a tem. Faça de seus pensamentos a força de que está precisando. Não imagine obstáculos em sua mente. Visualize alegria. Veja a alegria e acredite em você no sucesso.

Plante o amor e o otimismo em sua vida e colhera bons frutos.

Assuma a responsabilidade, faça algo novo, organize-se, relacione-se com outras pessoas fora de sua lista de amigos, de um tempo, faça uma pausa, relembre o que já conquistou e vibre.

Tenha fé, aliás, fé é acreditar no que não vemos ou conhecemos. Procure mais ação, goste mais, acredite mais.

Tudo que você é capaz de planejar é capaz de realizar, cultive somente bons pensamentos e seja muito feliz.

“O motivado não apenas acredita que tudo vai dar certo, ele desafia-se a fazer algo que pode não dar errado.”

Então, você esta disposto a pagar este preço?

Regis Deiques

 

Up Mind | O MOTIVO

regis-deiques-up-mind-motivo

A palavra MOTIVO designa um traço de personalidade relativamente estável que determina quão importantes são para a pessoa determinados objetivos.

É uma disposição da personalidade voltada a dar valor a uma ação.

Define uma disposição momentânea de um individuo para agir.

E veja bem, esta disposição é variável. E Porque ela é variável?

Porque a maioria das pessoas ainda não sabe o que realmente querem.

Muitas pessoas ainda não descobriram o que vieram fazer no mundo. Elas ainda não descobriram o propósito de sua vida. Uma coisa é certa, se você tem emoções, você tem um propósito.

É por isso que o motivo tem um significado próprio.

Com o passar do tempo, nós, seres humanos intensificamos a dependência dos sentidos.

Segundo Napoleon Hill, limitamos a dependência ao nosso conhecimento em relação ao mundo material, ou seja, a tudo aquilo que se pode ver, a tocar, pesar e medir.

Motivos podem ser vistos também como componentes do processo de autocontrole. Mas, porque do autocontrole?

Porque, é a própria pessoa que é o agente principal da sua mudança de conduta.

Devemos ter em mente de que é o autocontrole, a autorregulação que provoca o motivo.

Ele é geralmente provocado por fatores externos, como ser aprovado socialmente, ter status, estar bem de saúde, comprar um carro novo, um apartamento ou casa.

O motivo dá permissão para uma pessoa, a encontrar maneiras criativas e que sejam flexíveis, isto é, se adaptam a novas situações, de satisfazer suas próprias necessidades.

Contudo, vale a pena salientar de que o motivo faz farte das forças intangíveis e invisíveis do mundo. Precisamos aprender a controla-lo.

Não tem como controlar a força intangível contida nas ondas do mar, a força da gravidade que mantém a terra suspensa no ar e nos impede de cair, segundo Napoleon Hill.

O Motivo, o status, as forças intangíveis e invisíveis, o esforço da pessoa de corresponder às expectativas geradas pela autoimagem são intrínsecas e você tem obrigação de controla-lo e mantê-lo alimentado.

Um motivo bem trabalhado, principalmente de quando é pelos objetivos pessoais, auxiliam no processo de organização da sua vida.

Os valores individuais, os valores culturais, os papéis sociais aos quais você esta vivendo é que ajudam na representação cognitiva das experiências de vida ligadas à satisfação de necessidades.

Ter motivo não é simplesmente como ter um desejo.

Um desejo é uma vontade ardente, uma ideia fixa. Irei falar de desejo em outra matéria.

O Motivo é a razão, o fundamento, a causa, o objetivo, por exemplo, a compra de um carro novo.

O Motivo é a satisfação, a alegria, o estagio de felicidade de falta de necessidade, a plenitude, o momento, o encanto, o maravilhoso instante de “consegui”.

Para descobrir o seu motivo pergunte-se- “Eu vim ao mundo para fazer o que?”.

Se você ainda não sabe, concorde com um motivo que o inspire neste exato momento.

 

Regis Deiques