Uma das grandes razões de um líder é o de ser útil ao próximo.

Neste aspecto quem for com este desejo sentirá uma grande satisfação.

Para conduzir um grupo de pessoas a gerar resultados o primeiro passo é se colocar em humildade.

Lao Tsé, um sábio chinês disse certa vez – “A razão por que os rios e os mares recebem a homenagem de centenas de córregos das montanhas é que elas se acham abaixo dos últimos. Deste modo podem reinar sobre todos os córregos das montanhas. Por isso, o sábio, desejando pairar acima dos homens, coloca-se abaixo deles; desejando estar adiante deles, coloca-se atrás dos mesmos. Assim, não obstante o seu posto ser acima dos homens, eles não sentem o seu peso; Apesar do seu lugar ser adiante deles, não consideram isto uma ofensa”.

Um Líder útil ao colocar-se na situação de igualdade com o outro já é um desejo de ser útil ao próximo, mesmo que pareça que terás prejuízo.

Só a habilidade de motivar e influenciar os liderados já não é o bastante, é preciso ter uma comunicação na horizontal fortificado por atitudes de humanidade e empatia.

Sthephen R. Covey, diz que “A DEPENDENCIA é o paradigma do ‘você’ – você toma conta de mim; você vem me ajudar; você não me ajudou; eu culpo você pelos resultados.

A INDEPENDENCIA é o paradigma do ‘eu’ – eu posso fazer isso; eu sou o responsável; eu sou autoconfiante; eu posso escolher.

A INTERDEPENDENCIA é o paradigma do ‘nós’ – nós podemos fazê-lo; nós podemos cooperar; nós podemos unir nossos talentos e capacidades e criar juntos algo maior.

As pessoas DEPENDENTES precisam de outras pessoas para conseguir o que querem.

As pessoas INDEPENDENTES podem conseguir o que desejam por meio do próprio esforço. As pessoas INTERDEPENDENTES combinam seus esforços com os esforços de outros para atingir o sucesso maior”.

Tudo ocorrerá bem se mantivermos relações interpessoais levando em consideração a demonstração de reconhecimento pelo trabalho feito, isto é relacionamento humano. Uma pessoa se sentira bem e feliz por ter cooperado e desejará ajudar novamente.

Reconhecer a utilidade do outro á deixará convencida de que é útil, mesmo que ela tenha feito uma tarefa não muito boa. Reconheça de que uma parte do trabalho dela lhe serviu. Ela sentirá gratidão por isto e o reconhecerá como líder e sentirá alegria de estar trabalhando com você.

Se a organização que você esta trabalhando tem produtos e serviços que seja de boa aceitação pelos clientes, todos trabalharão com mais vontade e a empresa progredirá e todos ganham.

Seja um líder útil para com os seus colaboradores e você estará fazendo um benefício para todos, é a parte viva da nossa vida.

Regis Deiques – Coach

regisdeiques@gmail.com

Anúncios